Atendemos veículos somente em: Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe e Vale do Ribeira

O que são chaves codificadas?

Você tem uma cópia da chave do seu carro?

seu-carro-sem-chave-reserva

As chaves eletrônicas (codificadas) surgiram em meados dos anos 90 nos países europeus como um importante dispositivo antifurto. No entanto, o sistema que foi projetado para dificultar a ação dos ladrões, também costuma trazer complicações para os proprietários.

Com a codificação, os transtornos de se perder uma chave são ainda maiores. Se não houver chave reserva a questão fica mais complicada: o motorista não consegue dar a partida, pois a injeção de combustível fica bloqueada, e apenas um chaveiro com equipamentos profissionais conseguirá confeccionar uma nova chave sem ter a original em mãos.

Mas em alguns modelos – principalmente carros nacionais muito novos ou de importados de luxo (como os veículos da BMW, Mercedes, Volvo entre outros) é preciso fazer o pedido de uma nova chave à montadora e esperar até 10 dias. Sem falar no custo de reposição, que varia de R$ 500,00 a R$ 1.500,00.

Embora os sistemas antifurtos tenham nomes diferentes, todos funcionam de forma muito semelhante. Na parte plástica da chave, há um código armazenado em um chip – conhecido por transponder – que emite sinais para um receptor localizado na ignição. Ao reconhecer o código, o imobilizador da injeção de combustível é desligado e o carro funciona normalmente.

Alguns veículos vêm de fábrica com um cartão numerado que traz o código para se obter a cópia da chave. Por meio dele, o chaveiro conhece o ‘segredo mecânico’ (aquelas ranhuras na chave) e o código eletrônico do chip, facilitando a reposição.

Todos os carros com chaves codificadas possuem no no painel um LED que indica a leitura do chip. Dependendo do veículo, o LED pode ficar aceso por alguns segundos e apagar-se ao liberar o sistema – ou ficar piscando, indicando que a chave não é a certa.

Pioneira, a Fiat foi a primeira montadora nacional a equipar seus carros com o sistema em 1996 (com o lançamento do Palio), batizado de Fiat Code, que atualmente é oferecido em todos os modelos da marca. O sistema conta com um dispositivo (rolling), que altera o código todas as vezes que a chave é colocada na ignição. Isto é, o segredo é comparado ao anteriormente gravado na unidade de injeção.

Mas como funciona?

sistema-chave-codificada

Dentro da chave existe um chip (mais conhecido como ‘transponder‘) que emite um sinal ao girar a chave de ignição. O módulo do imobilizador que fica geralmente próximo ao cilindro de ignição recebe esse sinal e manda para o módulo de injeção (ECM). Se o sinal for reconhecido pelo ECM, esse módulo autoriza o funcionamento do motor. Caso o sinal não seja reconhecido, o motor tem partida mas não funciona.